terça-feira, 30 de abril de 2013

As nossas crias!

Eram 6h10 da manhã, o meu filho de um ano do quarto dele chamava-me "Mamã!Mamã!". Oh meu Deus! Hoje é o meu dia de folga será que ele não podia dormir mais duas horas?! Lá me levanto abro a porta e está o rapaz em pé na cama a rir para mim. Com um olho fechado e o outro meio aberto lá me arrasto com ele até à cozinha, está com fome. Ele vai tagarelando e eu balbuciando alguma coisa para o entreter, não o convenço... Come com vontade, mas continua a ser muito cedo, lá lhe digo: "Vamos para a cama da mamã?" Pego na almofada dele fecho a porta do quarto. A alegria dele! Para quem tem filhos sabe a alegria deles em ficar no quarto dos papas, não sei se é certo ou não, mas sempre habituei o meu filho a dormir na cama dele e só quando ele está doente ou quando já é de manhã e ao fim de semana pode vir dar uma soneca à nossa caminha, não sou muito apologista ter o nosso filho a dormir até aos seis anos de idade na cama com os pais. Não percebo como é que os pais conseguem ter algum tipo de intimidade com uma criança ali. Eu adormeço e ele também com a mãozinha dele no meu rosto... há coisa mais deliciosa do que sentir a ternura do nosso filho? E foi assim o começo do meu dia...

Nenhum comentário:

Postar um comentário