sábado, 12 de outubro de 2013

Pessoas cínicas VS Sanidade mental

O cinismo foi uma corrente filosófica fundada por um discípulo de Sócrates, chamado Antístenes, e cujo maior nome foi Diógenes de Sínope, por volta de 400 a.C., que pregava essencialmente o desapego aos bens materiais e externos. O termo passou à posteridade como caraterização pejorativa de pessoas sem pudor, indiferentes ao sofrimento alheio (que em nada se assemelha a origem filosófica da palavra).

Porque procurei o significado de cinismo? Ora bem, talvez para entender um pouco, para conseguir ponderar e até para conseguir ultrapassar estas pessoas que teimam em aparecer na minha vida! Não me considero cínica muito pelo contrário, sou descontraída preocupada com o bem estar do outro e principalmente gosto que as pessoas se sintam acolhidas! Também não sou capaz de dizer que nunca usei desta arma para afastar algumas pessoas ou mesmo porque não queria pura e simplesmente ser simpática! Mas, acho (e acreditem tenho a certeza absoluta) que existem pessoas que desde o bom dia à boa noite são cínicas! O querer parecer quando não se é, forçar uma situação para ser aceite ou mesmo para se fazer notar como a menina que está a tentar ganhar a simpatia, ou então estou para aqui a ser cínica e sou uma coitadinha!
Ando a ficar um pouco chateada com este tipo de pessoas, é certo que me dirão,"Tens de ser superior!Não vale a pena! Blá Blá" Eu sei disso tudo mas há dias que nem tomando litro de chá de camomila que o nosso sistema de nervoso não se altera! Agora experimentem viver com essa dita pessoa! Sugestões para não darmos ouvidos ao nosso ego destrutivo e colocar os nossos músculos em ação? Respirar fundo dizer bom dia e passar à frente e sonhar que um dia, apenas um dia o teu desejo apanhe forma e a máscara dessa pessoa caia!

Nenhum comentário:

Postar um comentário