segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Viciados?

Ontem dei por mim a constatar um facto sobre uns colegas nossos e estou a um passo de pensar que tenho razão e que isto existe mesmo! Ora pensem lá comigo... é um casal de namorados e vivem juntos há algum tempo, travamos conhecimento com eles ainda em Portugal e a nossa relação passava por alguns jantares, cafés e conversas de circunstância. Eles num espaço de dois anos mudaram três vezes de casa, ora era por causa do preço, ora por causa do espaço, etc etc. Inclusivamente o meu mais que tudo chegou a ajudar nestas mudanças. 

Para vos ser sincera, troquei de casa uma vez e tive muita sorte pois devido ao meu trabalho quem tratou de tudo foi o meu namorado, e basicamente o trabalho que tive foi a organizar algumas coisas na nova casa. Aquela coisa de encaixotar, embrulhar colocar no carro não passei nada por isso o que me agradou especialmente! 

Voltando aos nossos colegas eles tal como nós, bem como a maioria dos nossos colegas, tornaram-se emigrantes. Estão no novo país há quase uma ano, e agora é que vem a questão... Já mudaram de casa duas vezes e estão a preparar-se para mudar OUTRA VEZ! Será que dá algum tipo de adrenalina mudar de casa, ou gozo de andar a encaixotar tudo acartar as coisas para o carro, tirar do carro? Eles já devem fazer aquilo com uma perna ás costas com tanta experiência nas mudanças, ou será que chegam a desencaixotar as coisas? É certo e concordo que procurem por coisas melhor, mas não deixo de achar estranho! O que me levou a constatar, será que estão viciados em mudar de casa?

Nenhum comentário:

Postar um comentário